Jejum Intermitente, como fazer? Guia Completo para Iniciantes

Como emagrecer utilizando a técnica do Jejum Intermitente?

O guia completo para você saber como utilizar o Jejum de forma responsável ter mais energia e disposição, vem comigo!

Este conteúdo está disponível em vídeo, audio podcast e se preferir em texto, rolando a página para baixo.

Escolha o que mais te dá prazer!

PodCast Episódio #0044| Versão em Áudio  | Baixe no Seu Celular | ITunes

 

Hoje nós vamos falar sobre Jejum Intermitente. O meu nome é Alexandre Vian Coutinho, sou Palestrante, Coach, Pesquisador em Nutrição e Fundador do Método Saudável Já, que tem ajudado milhares de pessoas a ter mais saúde, energia, disposição, vitalidade e emagrecer. Enfim te reconectar com a auto-estima elevada e uma vida com mais sentido.

O meu propósito é impactar a saúde física e mental de 1 Milhão de pessoas no Brasil até 2019

Que tal começarmos por você?

É como se diz no popular!
"Para você conquistar qualquer coisa na sua vida é preciso ter Saúde."

Hoje vamos falar sobre os benefícios para sua saúde e emagrecimento, utilizando a técnica do jejum intermitente.

Continue lendo para saber mais sobre:

  • O que é jejum intermitente, mais um modismo?
  • Esta prática é eficiente para a sua saúde?
  • Quando se teve notícias do jejum intermitente?
  • Te mostrar um caso prático…
  • Como o seu corpo reage ao jejum na melhora da sua saúde?
  • O que os especialistas falam sobre jejum?

E responder as perguntas mais frequentes como;

  • Vou passar fome fazendo o Jejum Intermitente?
  • Quem não pode fazer o Jejum Intermitente?
  • Quais são os protocolos mais comuns?
  • Quando posso fazer o Jejum Intermitente?
  • O que posso ingerir durante o Jejum Intermitente?
  • Jejum Intermitente não é bom para mulheres?
  •  Referências de Estudos Científicos;

Se você já gostou do assunto desse artigo, não deixe de compartilhar com seus amigos(as) para que cada vez mais pessoas aprendam a ter mais saúde, energia, disposição, vitalidade e emagrecer, mesmo que já tenha tentado de tudo sem sucesso.

O que é jejum intermitente, mais um modismo?

O jejum intermitente é algo que está na moda e todos estão falando sobre isso. Existem muitos mitos a respeito desse assunto e este artigo tem o objetivo de eliminar um pouco desses mitos e verdades, para saber se é para você fazer ou não.  As primeiras dicas, primeiros passos para iniciar ou simplesmente para dar um basta e parar agora.

A primeira coisa que nós precisamos destacar sobre jejum intermitente é que existe uma expressão se espalhando na internet intitulada de Dieta do Jejum Intermitente. Vamos parar com isso né gente...Dieta do Jejum Intermitente não existe, isso é um mito.

Jejum é justamente não comer. Como você faz uma dieta de não comer? Isso não existe, essa expressão é equivocada, está errada. Na verdade Jejum significa passar um período de tempo sem comer, simples assim.

Porém, nós temos vários estudos e detalhes importantes a falar a respeito do jejum intermitente e da forma certa de aplicar.

Esta prática é eficiente para a sua saúde?

Vale lembrarmos que segundo estudos de do Doutor Mc Ehen em 1956, médico que acompanhou 614 pacientes tratados de diversas doenças e apenas 14 deles não tiveram resultados, 600 conseguiram se curar ou ter uma melhora significativa em doenças graves.

Após mais de dez anos de estudos e pesquisas práticas desse médico, tratou algumas doenças como pressão alta, anemia, bronquite, doenças renais, tumores benignos, doença cardíaca, asma, úlcera, câncer, esclerose múltipla, diabetes e várias outras.

Ele conseguiu curar, controlar e melhorar a qualidade de vida destas pessoas através da utilização combinada de reeducação alimentar e jejum intermitente.

Quando se teve notícias do jejum intermitente?

Se nós paramos para pensar, o jejum é uma prática iniciada com existência do homem. O homem paleolítico, há 2.5 milhões de anos atrás, vivia em cavernas, passava longos períodos sem comer e tinha que sair para conseguir o seu alimento através da cassa.

Imagine se você tivesse deitado ou parado em algum lugar, com preguiça, deprimido ou qualquer situação deste tipo.

Imagine que você estivesse passando fome.

A própria natureza iria te empurrar para caçar o seu alimento. Hoje temos a geladeira bem pertinho, mas antes não tínhamos esta facilidade. Antes nos tínhamos que correr, pensar, fazer armadilhas, projetar uma forma de conseguir o alimento, seja fazer uma arapuca, uma lança ou qualquer outro mecanismo.

Este processo nos ajuda a desenvolver a parte mental e física naturalmente ao mesmo tempo. A natureza nos ensina que o jejum tem o poder de aumentar o foco mental, nos deixar mais alerta e desperta naturalmente em nós, vários mecanismos de defesa.

Por que isto acontece?

Em situações de estresse ou perigo, o nosso corpo aumenta os níveis de cortisol (hormônio do stress). Este alto nível de cortisol, faz que nós fiquemos alertas, tensos e basicamente, quando fazemos o jejum temos a elevação dos índices de cortisol.

Quando estamos doentes, normalmente perdemos o apetite, porém nós temos uma crença, que vem desta era industrial e no mundo moderno de que devemos nos entupir de comidas para poder reagir e ter energia para recuperação.

 

Um caso prático...

Deixa eu te contar um caso que aconteceu comigo e o meu filho.

Estávamos aqui em casa, ele estava passando mal e não queria comer. Eu, por amor, imaginava que a coisa certa a fazer seria continuar forçando para ele comer. Eu pensava que colocando um alimento saudável para dentro, ele iria melhorar mas ao contrário disso ele comeu e vomitou passando ainda mais mal.

Quando eu comecei estudar mais sobre o jejum, lembrei desse dia e de fato o relato do estudo bateu com a minha experiência pessoal.

Quando nosso corpo está doente, ele tem vários mecanismos para iniciar a buscar a cura de forma natural. Uma delas é parando de comer e perdendo o apetite. Não estou falando que para se curar, você tem que parar de comer... Afinal temos que tomar muito cuidado, porque aqui na internet você fala uma vírgula e as pessoas interpretam o que querem, então muito cuidado com estas informações e como você está interpretando elas agora.

Vamos abrir um parênteses para esclarecer a você algo importante.

Para fazer o jejum intermitente é importantíssimo que você esteja acompanhado e orientado por um profissional da saúde e que tenha o conhecimento de como fazer e o momento certo de fazer.

Como seu corpo reage ao jejum na melhora da sua saúde?

Voltando ao assunto, por estar sem comer, seu cérebro aumenta o foco, o cortisol aumenta estado de alerta e existe um mecanismo chamado autofagia. Este mecanismo natural é que faz o corpo se limpar e procurar otimizar as células para funcionar em sua capacidade máxima de otimização. Aquelas que não funcionam bem, serão eliminadas, ficando somente as boas.

Um exemplo para você entender melhor.

O nosso corpo em estado de jejum funciona assim, temos 10 células (hipoteticamente), ele analisa qual está mais fraca ou deficiente e começa a eliminar as ruins e ficaram apenas as mais fortes.Isso acontece, para equilibrar a energia e o funcionamento do sistema completo do seu corpo.

Não é por acaso que observamos em várias religiões esta prática associada a milagres, Ramadan, Jejum de Daniel e muitos outros (Veja as Referências no final do Artigo) existem práticas de jejum, praticamente todas as religiões, associadas a milagres e realmente faz sentido, porque o corpo entra em autofagia e começa a otimizar o sistema para funcionar bem na sua melhor capacidade.

Em alguns protocolos de jejum intermitente, os de 12, 16, 24 e alguns até de 7 dias sem comer, promovem basicamente a otimização completa do organismo. Neste momento, vale a pena falar sobre esta bobagem que sempre se fala no emagrecimento, comer de 3 em 3 horas ou fazer 6 refeições por dia, isto é outro mito e uma grande bobagem. Na verdade, quando seu corpo está bem nutrido e bem alimentado, você tem energia suficiente para não precisar de fazer a próxima refeição.

Outro mecanismo é o Protein Scavenin, de modo popular, sem entrar tecnicamente para facilitar o entendimento, é uma reorganização das proteínas no nosso corpo.

Além deste, outro processo de otimização ligado a prática do jejum é a renovação dos sinalizadores de apetite de saciedade, principalmente a baixa de glicose. Quando estamos fazendo jejum, nós temos a estabilização das taxas de glicose e insulina que é a grande sacada do emagrecimento. Quando você mantém a glicose baixa naturalmente, através do jejum intermitente e da alimentação forte, poderosa e rica em nutrientes, você irá conseguir benefícios incríveis para sua saúde. Não só para emagrecimento, como vitalidade e disposição.

O que os especialistas falam disso?

Observamos centenas de estudos e relatos de especialistas em todo o mundo.

Segunda a nutricionista, Fernanda Franco, esta prática nos ajuda a perder peso, otimizar o organismo e ganhar mais atenção.

Vale citar o câncer como exemplo, pois ele se alimenta normalmente com dois nutrientes, uma deles e o mais consumido é a glicose. Ao fazer jejum, você está promovendo a melhoria e otimização do organismo para combater o câncer trazendo benefícios incríveis para o seu corpo.

Quando você baixa os níveis de glicose, o que vai acontecer é que você está tirando a comida do câncer entrando em autofagia. Isso promove um reforço e otimização de todo sistema imunológico, sem fazer com que seu corpo perca nutrientes.

Alerta: Não interprete a informação aqui como prescrição ou mesmo que jejum cura cancer, ok. Sempre tenha acompanhamento profissional na sua saúde.

Associado a esta prática, por outro lado, quando você ingere uma alimentação forte, isso reforça o seu sistema imunológico.  Se ao mesmo tempo eliminarmos a intoxicação causada por químicas industriais e outras fontes que levam esse tipo de problema, o quadro poderá melhorar significativamente.

Duas proteínas são importantes, a BNDF responsável pela melhoria do funcionamento do cérebro e a SRT, relacionado a estrutura das células, evita o desenvolvimento de tumores, estas também são otimizadas durante o período de jejum e o mais interessante é que quando o corpo precisa buscar novas fontes energéticas e eliminar as células de menor desempenho através da autofagia, um dos lugares que ele começa a agir é na gordura visceral ou seja, começa a consumir a gordura que fica depositada na sua barriga.

Não sei se você sabe disso, há alguns anos atrás eu tive uma loja de suplementos,  atualmente já vendi esta empresa.

Neste período convivi durante muitos anos com muitos fisiculturistas que me relatavam os seus segredos e técnicas. O fisiculturista utiliza o jejum intermitente, na fase de "Cutting" para buscar alta definição, ficarem lindos e maravilhosas nas fotos e ganhar os seus campeonatos. O jejum intermitente é justamente uma das práticas que eles usam para buscar a otimização completa do corpo, emagrecer e alta definição.

Vou passar fome fazendo o Jejum Intermitente?

Não vamos confundir jejum intermitente como passar fome, isso é outra grande bobagem. Este é outro grande mito, passar fome não tem nada a ver com o jejum intermitente. Você só irá passar fome, se o seu ciclo de insulina estiver completamente desregulado e com problemas.

Isso acontece, justamente quando não faz uma alimentação rica em nutrientes que faça o seu corpo funcionar corretamente e preparando o mesmo para os períodos de jejum e manter o seu corpo funcionando normalmente.

Muito pelo contrário do que você imagina e tem medo, posso afirmar com segurança que você irá conseguir fazer todos os protocolos com tranquilidade, falo por experiência própria, porque já pratico a bastante tempo e funciona extremamente bem para mim e para os nossos alunos do Método Saudável Já que aplicam regularmente acompanhados.

Nossos especialistas, aprovam esta prática (nutricionista, personal, fisioterapeuta e psicóloga) e aprovam esse tipo de conteúdo que eu estou passando para vocês.

Quem não pode fazer o Jejum Intermitente?

Agora vamos falar sobre quem não pode fazer jejum intermitente, melhor que isso, quem não pode e não deve fazer jejum intermitente.

Importante: Lembrando que para iniciar o jejum intermitente é importante que um profissional faça a orientação correta, este artigo é apenas para uma orientação genérica e para que você tenha um mínimo de informação sobre o assunto.

  • Não é para diabéticos
  • Não é para quem está tomando medicações durante algum estado do clínico alterado
  • Não é para quem está grávida ou amamentando
  • Não é para quem tem algum distúrbio psicológico ou está tomando remédios controlados

Se você está acima do peso, não reeducou a sua alimentação e não tem nenhum tipo de orientação, sem saber como fazer isso no dia junto, não vai funcionar para você também, porque a sua insulina está completamente desregulada, devido uma alimentação inflamatória e será necessário adaptar os protocolos de forma individualizada onde você faz da forma correta.

Quais são os protocolos mais comuns?

O protocolos mais comuns existentes são os de 12:00, 16:00 e 24:00 horas, sem se alimentar.

Quando posso fazer o Jejum Intermitente?

Pode ser feito todos os dias ou em dias alternados.

Um exemplo, você tem a última refeição às 8:00 da noite, dorme e acorda às 8:00 da manhã e o seu jejum intermitente está feito, pronto.

O protocolo de 16 horas, por exemplo pode começar às 8:00 da noite de hoje e ir até o meio-dia do próximo dia, você vai passar 16 horas em jejum, você não irá tomar o café da manhã.

Já o protocolo de 24 horas, você iria das 8:00 de hoje até às 8:00 de amanhã, sem comer.

O que posso ingerir durante o Jejum Intermitente?

Existem várias alternativas e escolha a que melhor funciona para você. O básico durante o jejum é você tomar água, chás, café, e suco detox de hortaliças (baixe e-book grátis). Reforçando novamente, se você estiver com sobrepeso e não estiver com a insulina controlada, recomendo que não inicie, por que você vai passar muita fome e este pode não ser adequado.

Anote ai uma sugestão que eu utilizo.

Você pode fazer uma mistura de café com uma gordura boa, pode ser café com manteiga ou óleo de coco, que são uma gorduras boas e que fará bem para o seu organismo.

Cuidado, não use margarina!

Jejum Intermitente não é bom para mulheres?

Esta é uma pergunta frequente, pois imagina-se que isso pode desestabilizar o ciclo menstrual mas segundo a Fernanda Franco nutricionista do Método Saudável Já, mulheres que têm desestabilização de ciclo menstrual normalmente estão com menos de 4% a 5% de gordura corporal. Se você tem um peso saudável e está acima desse percentual, não existe nenhum problema e não afetará em absolutamente nada em relação ao jejum intermitente.

O importante é que você em primeiro lugar tenha um acompanhamento de um profissional de saúde e que você já tenha conseguido reeducar a sua alimentação de uma forma onde você não passe fome durante esse jejum.

A ideia do jejum não é passar fome e isto é um mito. O mais importante aqui para você perder o peso e fazer a reeducação alimentar para ter resultados rápidos de emagrecimento.

Você precisa fazer da forma correta e orientada e se você não tem ideia por onde começar mas quer iniciar ainda hoje uma reeducação alimentar forte e aplicar a forma correta um jejum intermitente, te convido a conhecer mais sobre o Método Saudável Já, simples e fácil para você emagrecer e ter uma vida mais saudável.

Referências e Estudos Científicas:

E você já praticou o Jejum Intermitente? Ainda tem dúvidas?

Responda na área de comentários ok, quero saber a sua opinião!

Você precisa de ajuda e suporte para emagrecer? Quer conhecer um método simples para emagrecer e perder a barriga, seguro, natural, GARANTIDO, comprovado e aprovado por especialistas da saúde, SEM CIRURGIAS, SEM DOR, SEM SOFRIMENTO, clique aqui no link e ganhe grátis Baixe Agora OS TOP 7 SUCOS DETOX EXTERMINADORES DE GORDURA e ASSISTA o Vídeo que explica como este método funciona e como você poderá emagrecer utilizando estas estratégias simples e fáceis de aplicar.

Se você não aguenta mais viver acima do peso e se frustrar com promessas milagrosas e verdadeiramente tem interesse em emagrecer com saúde, conhecer mais da minha história e ter acesso ao método que eu mesmo usei para emagrecer 12k em 8 semanas e 25k após 6 meses permanecer magro, basta você dar o primeiro passo que é baixar o meu e-book grátis que está no menu ao lado e assistir o vídeo completo com as instruções.

Gostou do artigo? Então cadastre seu e-mail abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes, dispostos e cheios de autoestima elevada do Saudável Já e ser o primeiro a receber novos conteúdos.

Compartilhe em suas redes sociais, escolha ao lado!

Assuntos mais curtidos pelos nossos leitores!

saudavelja-blog-comentario-como-emagrecer-rapido-perder-barriga-sem-dieta

Deixe a sua opinião aqui, porque é muito importante.