Genética Ruim Não Consigo Emagrecer.
Isso te Imede ou Mito?

Como seu comportamento influencia a sua genética?

Você vive justificando que não consegue perder peso por conta de um problema genético de família?
Eu já fiz muito isso, não tem nada de errado em pensar assim enquanto você não tem informação de qualidade.

Neste artigo vou te mostrar porquê a genética nem sempre é o grande culpado por não nos deixar emagrecer, ter mais energia e disposição, vem comigo!

Este conteúdo está disponível em vídeo, áudio podcast e se preferir em texto, rolando a página para baixo.

Escolha o que mais te dá prazer!

Versão em PodCast – Baixe no Seu Celular

Hoje nós vamos falar sobre a interferência da genética no seu emagrecimento. O meu nome é Alexandre Vian Coutinho, sou Palestrante, Coach, Pesquisador em Nutrição e Fundador do Método Saudável Já, que tem ajudado milhares de pessoas a ter mais saúde, energia, disposição, vitalidade e emagrecer. Enfim te reconectar com a auto-estima elevada e uma vida com mais sentido.

O meu propósito é impactar a saúde física e mental de 1 Milhão de pessoas no Brasil até 2019

Que tal começarmos por você?

É como se diz no popular!
“Para você conquistar qualquer coisa na sua vida é preciso ter Saúde.”

Continue lendo para saber mais sobre:

  • O que é Epigenética, de forma simples?
  • Quando a genética na verdade é apenas um mito poderoso?
  • Uma prova viva, que isso realmente é um mito.
  • Quando a genética, realmente interfere neste processo?

E responder as perguntas mais frequentes como;

  • Como distinguir da forma mais simples de realmente é uma questão biológica ou comportamental?
  • Como a evolução do homem nos mostra esta verdade de alterações genéticas?
  • Quais fatores podem contribuir para a sua genética te ajudar a emagrecer?
  • Porque a culpa não é sua por pensar assim?
  • Referências de Estudos Científicos;

Se você já gostou do assunto desse artigo, não deixe de compartilhar com seus amigos(as) para que cada vez mais pessoas aprendam a ter mais saúde, energia, disposição, vitalidade e emagrecer, mesmo que já tenha tentado de tudo sem sucesso.

O que é Epigenética, de forma simples?

Aviso aos navegantes de plantão, este é um artigo que tem o objetivo de simplificar e não fazer demostrações detalhadas, difíceis de entender devido a uma linguagem técnica. Para você que está atrás de algo técnico, veja as referências científicas no final do artigo.

A ideia aqui é que qualquer pessoa comum possa pegar o fio da meada e colocar em prática rápido.

Todos nós temos gens que são passados de geração em geração, se existia alguma alteração genética ou pré-disposição a doenças e obesidade, isso não significa que ela irá se manifestar em você, se o seu comportamento ajudar a controlar essas deficiências.

Quando a genética na verdade é apenas um mito poderoso?

Já se pegou falando coisas deste tipo?

Eu não consigo emagrecer porque tem um problema genético. Porque na minha família tem muitos casos de problema na tireoide ou cardíacos, diabéticos. A maioria das pessoas da minha família são gordas e assim por diante, a lista é longa.

Enquanto eu acreditava nisso, permaneci muitos anos acima do peso. Se fosse por esse motivo, eu também seria uma dessas pessoas que estaria fazendo o mesmo tipo de comentário até hoje.

Acredite eu já fiz isso antes, por anos e realmente eu acreditava nisso.

Uma prova viva, que isso realmente é um mito.

Explico...

Na minha família meu avô já fez três operações de ponte safena, diversos tios diabéticos e a maioria estão acima do peso (acima dos 110 kg). Meu pai morreu de câncer e esteve obeso por anos, minha mãe fez bariátrica, bem antes de descobrirmos como isso tudo funciona infelizmente,  porque nós não tínhamos os tipos de conhecimento e temos pelo menos mais cinco ou seis bariátricos na família.

Se eu acreditasse que essa relação de saúde seria obrigatoriamente um problema genético, eu estaria ferrado agora.

Posso te contar uma segredo?

Por muitos anos eu cheguei acreditar que tinha algum problema genético e que eu nunca poderia emagrecer. Eu achava que a minha única saída seria a bariátrica, o médico já estava me chamando a atenção para isso, pois já estava acima dos 115 kg, mas eu cai na real e comecei a me questionar sobre outros caminhos para resolver este problema sem sofrimento e ao mesmo tempo emagrecer, ter saúde, ser feliz e não passar por este tipo de procedimento. Por muito tempo eu acreditei nesta mentira e agora com este artigo eu quero ajudar você a ter uma visão diferente sobre o assunto. O fato é que a epigenética explica tudo isso.

Quando a genética, realmente interfere neste processo?

Quando nós falamos sobre problemas genéticos, eles existem sim. Não estou falando nesse artigo que eles não existem mas eles são acontecem na minoria dos casos.

Só depois que você conseguir reeducar a sua alimentação, utilizar protocolos de jejum intermitente, desenvolver hábitos saudáveis, sono adequado e atividade física que te ajude a corrigir esses problemas e essas tendências, aí sim você poderá no final dizer que tem um problema efetivamente genético.

Após uma consulta com seu médico que irá mapear esta situação através de exames específicos

Como distinguir da forma mais simples de realmente é uma questão biológica ou comportamental?

O fato é que o nosso comportamento e estilo de vida molda os nossos gens. Você pode até ter uma pré disposição genética (assim como a epigenética explica detalhadamente, veja a referência científica no final deste artigo) para engordar, câncer ou qualquer outro tipo de doença, porém o seu estilo de vida determina, na maioria das vezes o controle destas situações, se este gen vai ser ativado ou não.

Eu sou uma prova disso porque perdi 12 kg em 8 semanas, 25 Kg em 6 meses e 32 kg atualmente. Isso que aconteceu comigo, é algo comum que tem acontecido diariamente com a grande maioria dos alunos que fazem o Método Saudável Já comprometidos a fazer o que precisa ser feito.

Como a evolução do homem nos mostra esta verdade de alterações genéticas?

Para nós entendermos melhor e isso, precisamos entender sobre evolução do homem.

O homem paleolítico viveu há mais de 2,5 milhões de anos atrás, este homem estava em atividade constante, embaixo do sol, comia comida de verdade, não comia de 3 em 3 horas. Nada destes modismos da atualidade existia.

Vamos falar então no que é comida de verdade!

Vamos considerar que comida de verdade é qualquer coisa que anda, nada, voa e nasce embaixo da terra.  Ele estava em constante atividade física e tomava sol diariamente que ajuda a formar a vitamina D e previne mais de duas mil doenças, pois ela controla 10% de todos os genes do corpo humano. Já de dez mil anos para cá, na era neolítica o homem para de ser nômade e começa a se fixar nas civilizações, devido ao advento da agricultura. Agora ele não fica mais migrando, está com residência fixa. Neste momento, ele começa dar aquela paradona né, ter menos atividade, ficar mais restrito em lugares fechados, toma um pouco menos de sol e por aí vai... Se pensarmos melhor nos últimos 50 anos, nós nunca tivemos tantas doenças auto-imunes e hoje elas são responsáveis por 80% das mortes que acontecem no Brasil e no mundo.

Essas doenças autoimunes, atacam o organismo que está sem a capacidade de reagir a intoxicação ou inflamação que aconteceu no seu corpo. O fato é que dos últimos 50 anos para cá, estamos vivendo na era industrial e tudo é empacotado, temos a farinha, transgênicos, produtividade agrícola que tira os nutrientes do alimento para baratear os custos. A indústria hoje tem que conservar esse alimento para transportar de caminhão em longas viagens, este alimento tem que ficar na sua geladeira por 3, 6, 12 meses sem estragar e isso só é possível devido a ser repleto de conservantes corantes, nitrito nitrato e vários componentes inflamatórios, margarina com gordura trans e muitos outros químicos ou seja uma série de produtos e insumos que estão intoxicando o seu organismo e fazendo que alterações na sua genética, aconteçam através de diversos fatores.

Quais fatores podem contribuir para a sua genética te ajudar a emagrecer?

Para pra pensar no óbvio, durante milhões de anos essas toxinas não existiam dentro da evolução do homem e de repente nos últimos 50 anos, elas foram introduzidas e colocadas diariamente no nosso corpo. Provocando picos de insulina diários, por excesso de carboidratos com alto índice glicêmico e glúten que arrebentam com o seu organismo.

Mas isso não para por ai, a indústria da alimentação te prepara para o próximo passo, se entregar para a indústria farmacêutica, que no final das vende o remédio quando você fica doente. Isso é tão sério, podemos passar anos presos neste ciclo vicioso, vivendo uma vidá medíocre, em câmera lenta e sem saúde. Na maioria das vezes e este ciclo nunca se fecha e no final das contas, ela te vende o alimento tóxico primeiro e depois ela te vende um remédio para emagrecer que também não funciona em longo prazo. Os prejuízos causados pelos remédios para emagrecer, alimentam o ciclo novamente pois depois da frustração de voltar a engordar, você vai tentar resolver o problema comendo novamente os alimentos intoxicados, e o ciclo nunca fecha.

Porque a culpa não é sua por pensar assim?

Os ciclos repetitivos que não funcionam para você na verdade só deixam as indústrias alimentícias e farmacêuticas cada dia mais ricas e você cada dia mais doente e infeliz, afinal é assim que eles vão ganhar o seu dinheiro por vários anos de forma recorrente.

A verdade é que o seu comportamento influencia diretamente o seu código genético.

Vamos pensar...

Se você decidir hoje, adotar uma vida ativa, comer comida de verdade e elimina industrializados, você começará a eliminar as toxinas do seu corpo imediatamente e o seu corpo começa a responder na hora, o seu código código genético começa a responder naturalmente e você começará a emagrecer, ter mais energia, disposição, vitalidade e saúde em abundância.

Eu tinha esquecido...

Se somarmos tudo isso ao estilo de vida estressado da modernidade, nosso dia-a-dia nas cidades, nas redes sociais, onde todos estão tempo inteiro lindos, maravilhosos, sorrindo em um mundo que não existe, estaremos intoxicando nossa alma. Afinal somos seres humanos que temos altos e baixos mas estamos nos comparando tempo inteiro com pessoas perfeitas e felizes. Entenda estas são as doenças da alma e pílula nenhuma vai resolver isso. Mas este tema é para outro dia.

A mensagem que eu quero te passar hoje é a seguinte, antes de você se culpar por uma genética ruin perceba se isso não é apenas falta de informação ou mesmo desculpa furada para não assumir o controle da sua vida. Nós temos muitos casos de alunos no programa saudável já que chegaram desse jeito, no início, me falando que tinha um problema genético. Antes de você se culpar por isso, se permita a reeducar a alimentação, se permita melhorar a sua vitamina D, remover as toxinas do seu dia-a-dia e se você precisar de ajuda vem com a gente na família Saudável Já, porque esse método está pronto e eu mesmo vou poder acompanhar você junto com os nossos especialistas validando todo conteúdo nas palestras dentro da área de membros vip.

Referências e Estudos Científicas:

E você acredita que tem um problema genético que te impede de emagrecer?

Responda na área de comentários ok, quero saber a sua opinião!

Você precisa de ajuda e suporte para emagrecer? Quer conhecer um método simples para emagrecer e perder a barriga, seguro, natural, GARANTIDO, comprovado e aprovado por especialistas da saúde, SEM CIRURGIAS, SEM DOR, SEM SOFRIMENTO, clique aqui no link e ganhe grátis Baixe Agora OS TOP 7 SUCOS DETOX EXTERMINADORES DE GORDURA e ASSISTA o Vídeo que explica como este método funciona e como você poderá emagrecer utilizando estas estratégias simples e fáceis de aplicar.

Se você não aguenta mais viver acima do peso e se frustrar com promessas milagrosas e verdadeiramente tem interesse em emagrecer com saúde, conhecer mais da minha história e ter acesso ao método que eu mesmo usei para emagrecer 12k em 8 semanas e 25k após 6 meses permanecer magro, basta você dar o primeiro passo que é baixar o meu e-book grátis que está no menu ao lado e assistir o vídeo completo com as instruções.

Gostou do artigo? Então cadastre seu e-mail abaixo para se juntar a vários leitores inteligentes, dispostos e cheios de autoestima elevada do Saudável Já e ser o primeiro a receber novos conteúdos.

Compartilhe em suas redes sociais, escolha ao lado!

Assuntos mais curtidos pelos nossos leitores!

saudavelja-blog-comentario-como-emagrecer-rapido-perder-barriga-sem-dieta

Deixe a sua opinião aqui, porque é muito importante.